segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Carros Medonhos (5)

Amigos e amigas do Full Machine

Eis mais uma edoção dos Carros Medonhos...como o próprio nome já diz, só tem beleza rara nesta seção rsrsrs

A beldade de hoje é a equipe FRY (ñ sei se tem algum parentensco com o Nick Fry rsrs), uma equipe de F2, que resolveu tentar a sorte na Fórmula 1.

Em termos de resultado, ela "disputou" um grande prêmio, o da Inglaterra, em 1959, com o piloto Mike Parkes (ex- Ferrari) "Disputou", porque na verdade não conseguiu se qualificar para essa corrida.

O design dele deve ter sido a inspiração para o carro do Dick Vigarista (Corrida Maluca)

Um belo exemplar de pura beleza dos anos 50 rsrrsrs






PS: O projecto de David Fry não estava à altura das expectativas do seu criador.

Em 1958, David Fry e Alec Issigonis trabalharam para desenvolver um carro de F2. Nessa época, Issigonis trabalhou para a Alvis, liderado por John Parkes, o pai de Mike Parkes, coordenador do Grupo de Rootes e se tornou diretor no ponto-piloto deste carro. Um projeto do carro, pelo menos o original, fez sua estréia em junho em Brands Hatch. O carro será um pouco melhor para a corrida em Crystal Palace. Inicialmente, o piloto seria Stuart Lewis-Evans. porém um acidente durante uma corrida no Marrocos fez com que perdesse a vida. O seu substituto seria Mike Parkes. Em 1959, o carro Fry está de volta na pista, conquistando um relativo sucesso, destaque para um excepcional segundo lugar em Brands Hatch. Mike Parkes tenta se classificar com este carro para o Grande Prêmio da Inglaterra, porém sem sucesso

No final da temporada de 1959, a Fry desistiu de continuar a competir, e Mike Parkes continuou a sua carreira de piloto. (Fonte: Stats F1 e Google Tradutor)

2 comentários:

Ron Groo disse...

Ai não!

Este aí até que é bonitinho...

Marcos Antônio Filho disse...

esse ai é bizarro, hein? putz!